A Indumentária Gaúcha – Parte II: As Bombachas

No nosso segundo post sobre a indumentária gaúcha, vamos apresentar as BOMBACHAS.

O gaúcho, originalmente chamado de vago ou gaudério, surgiu nas fronteiras da Argentina com o Uruguai e com o extremo sul do Brasil. Produto da miscigenação indígena com luso-brasileiros e espanhóis vivia da criação de gado. Suas roupas eram funcionais, reflexos de uma origem nômade.

A população citadina acompanhava a moda européia, mas ao gaúcho, tais variantes não faziam a menor diferença. Só importava que as roupas fossem confortáveis e funcionais. No final do século XIX, este peão resolve abandonar a vida nômade e se estabiliza no Rio Grande do Sul, acabando por enriquecer a sua indumentária.

As bombachas:

É o traje típico. De acordo com alguns historiadores, foi introduzida após 1860, substituindo o xiripá. A origem ou época do começo de sua utilização pelo gaucho não é precisa. Para alguns estudiosos, foi trazida da Espanha pelos maragatos e tem origem mourisca ou berbere. Outros defendem que a bombacha seria cópia ou sobra de guerra dos uniformes usados pelas forças coloniais inglesas e francesas, introduzidas pelo comercio britânico no extremo meridional da America do Sul. Por fim, a última tese é de que a bombacha veio com os habitantes da Ilha da Madeira.

Fonte: minhapatriagaucha.blogspot.com