O uso correto do chapéu:

O uso correto do chapéu é uma forma de expressar respeito no tradicionalismo gaúcho e é normalmente um conhecimento passado de pai para filho ou de patrões de CTGs e PTGs para seus peões. Então existem algumas regras básicas de etiqueta para quem deseja usar o chapéu com civilidade e respeito, que são:

  1. Nunca use seu chapéu dentro de uma residência, sala de aula, restaurante, igreja ou escritório. Ao entrar num recinto desse tipo, tire-o.
  2. Carregue seu chapéu junto ao corpo quando o não estiver usando, preferencialmente com a mão esquerda, virado para dentro. Se tiver aba rígida, segure-o pela aba. Se não, segure-o pela coroa. O mais elegante é retirar o chapéu com a mão direita e passá-lo para a mão esquerda, mas pode tirá-lo com a mão esquerda diretamente.
  3. Em ônibus, bondes, saguões de hotéis, trens, pode mantê-lo. Se sentar, é melhor retirá-lo, principalmente se ao seu lado houver uma dama, mas não é deselegante mantê-lo.
  4. Ao ar livre, mantenha-o em sua cabeça, claro! É para isso que ele serve. Mas com uma exceção: se você estiver parado e acompanhado de uma ou mais mulheres, tire-o. Quando for andar, coloque-o de volta.
  5. Em elevadores a regra é parecida com a do ar livre. Pode usá-lo, mas se houver uma dama no elevador, retire-o.
  6. Se estiver em uma passagem estreita e uma dama estiver a cruzar-lhe o caminho, vire-se de lado, e levante o chapéu levemente. Quando encontrar uma conhecida na rua e for seguir caminho com ela, faça o mesmo. De novo: se o chapéu tiver aba rígida, levante-o pela aba; do contrário, pela coroa. O comum hoje é trocar beijinhos com uma moça ao encontrá-la. Se for fazê-lo, não apenas levante o chapéu, mas retire-o totalmente antes de beijá-la.
  7. Se encontrar um amigo homem, cumprimente-o levantando o chapéu o suficiente para ele ser removido de sua cabeça e, então, coloque-o de volta. Quando for beijar a mão de pais, padrinhos ou sacerdotes convêm retirá-lo totalmente, e segurá-lo ao seu lado antes de fazê-lo.